26/01/2022 às 10h15min - Atualizada em 26/01/2022 às 21h15min

Trópico oferece novo modelo de negócios para a conectividade no campo por meio da Rede de Concessionários John Deere

Pioneira na conectividade rural, Trópico lança modelo de negócio com a oferta da Solução de Conectividade e Aplicações como Serviços para suas redes privadas. Utilizando uma eficiente rede 4G, a empresa oferece uma nova opção para implantação da agricultura de decisão dentro do conceito Agricultura 5.0

SALA DA NOTÍCIA Pedro Carvalho

Campinas, 26 de janeiro de 2022 - A Trópico anuncia uma estratégia inovadora para atender às demandas do agronegócio brasileiro: a Solução Integrada de Conectividade e Aplicações como Serviços (SICAaaS). O novo modelo permite a contratação de rede 4G em 250 MHz como serviço, a fim de conectar pessoas, máquinas e coisas e proporcionar a internet das coisas (IoT). Com a oferta, o produtor rural não precisa investir na aquisição da rede de telecomunicações ou possuir equipe qualificada para sua operação e manutenção. 

A novidade complementa o modelo tradicional de venda da Solução Integrada de Conectividade e Aplicações (SICA), como ativo de redes. A Trópico já possui flexibilidade em seus modelos de negócio e vai continuar a oferecer o formato tradicional de aquisição da rede para os clientes que optarem por uma operação de rede própria – afinal, o que define a solução é a necessidade do produtor. 

A Trópico é pioneira na oferta de SICA para áreas rurais e remotas e atende áreas de interesse do produtor agrícola brasileiro desde 2014. A solução de rede 4G na faixa de 250 MHz provê ampla cobertura, resultando em um menor número de antenas por área de interesse (hectares cobertos), com importantes reduções de custos de infraestrutura dos serviços. A empresa também tem tradição no fornecimento de soluções no mercado de telecomunicações, atuando há mais de 35 anos com suporte técnico de SLA (service level agreement) padrão B2B para redes de missão crítica em regime 24x7x365. Para o agronegócio, esse suporte será feito de forma integrada com a John Deere, líder mundial na fabricação de equipamentos agrícolas, e estará disponível para máquinas, terminais e redes, dentro do conceito de ponto único de contato. 

A Solução de Redes Privadas da Trópico é regulamentada pela Anatel e já está disponível no mercado com comprovação tecnológica e econômica em várias safras. Além disso, o serviço é complementar às soluções das operadoras em áreas em que não há viabilidade econômico-financeira para a implantação de redes públicas. A iniciativa tem como foco áreas de interesse do produtor, sendo a mais apropriada para as áreas rurais remotas, onde ainda predomina uma espécie de deserto digital, sem cobertura de internet. 

Segundo Paulo Cabestré, presidente da Trópico, “os principais benefícios da solução são: garantia de cobertura total na área de interesse do produtor, maior segurança – intrínseca das redes privadas –, modelos de negócio flexíveis e competitivos, atendendo demanda de pequenos, médios e grandes produtores e, por fim, atendendo áreas rurais mais remotas do Brasil, onde existe um deserto digital”, ressalta o executivo. 

Agricultura de decisão com redes 4G 250 MHz 

O modelo consiste em uma rede 4G dedicada, na faixa de 250 MHz, capaz de conectar pessoas, máquinas, caminhões, estações meteorológicas e outros sensores nas áreas produtivas das regiões agrícolas. O uso de uma rede privada dedicada à faixa de 250 MHz propicia maior cobertura de área e redução de antenas por área de interesse (hectares conectados), controle dos dados trafegados com segurança, além de disponibilidade e privacidade (com aderência à LGPD e proteção contra ataques cibernéticos). 

A ampla cobertura oferecida pela Trópico possibilita a implantação do conceito de fazenda digital, com importante impacto social nas comunidades das áreas atendidas, viabilizando serviços de monitoramento de máquinas e desempenho dos processos do produtor agrícola, assim como o uso de outros serviços pelas comunidades, promovendo uma ação social integradora. 

Os interessados poderão adquirir essa nova modalidade de contratação de Soluções de Conectividade e Aplicações no Campo como Serviços (SICAaaS), ou o modelo tradicional, por intermédio da Rede de Concessionários John Deere

Para a John Deere, o desenvolvimento de soluções em conectividade por parte de empresas agrícolas tornou-se fundamental para a redução de custos do produtor, a sustentabilidade e o desenvolvimento regional. “O novo modelo desenvolvido pela Trópico vai colaborar diretamente para o rápido desenvolvimento do campo, oferecendo aos produtores ainda mais facilidade de acesso aos sistemas de telemetria da John Deere, como o JDLink™, e ajudando a mitigar a lacuna que existe no país em relação à conectividade”, ressalta Dan Leibfried, diretor de Inovação da John Deere para América Latina. 

A Trópico seguirá monitorando e atendendo às demandas de conectividade para o agronegócio brasileiro e já está trabalhando na evolução da solução. Aliada ao CPQD, a empresa construiu uma parceria estratégica com um ecossistema de global players e já está oferecendo uma solução 5G para atuar tanto nas áreas urbanas, como nas áreas rurais e remotas. 


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »