23/02/2022 às 17h29min - Atualizada em 24/02/2022 às 00h00min

Pesquisa CXO: 89% das organizações ficam aquém da proteção de dados, enquanto os orçamentos aumentam para enfrentar os desafios de cibersegurança

O Veeam Data Protection Trends Report 2022 descobriu que 67% das empresas estão recorrendo a soluções baseadas em nuvem para proteger seus dados, enquanto a capacidade de recuperar dados de ataques de ransomware continua impulsionando as estratégias de continuidade dos negócios

SALA DA NOTÍCIA Alexandre Finelli
A desconexão entre as expectativas dos negócios e a capacidade de entrega da TI nunca foi tão discrepante, de acordo com o Veeam® Data Protection Trends Report 2022, que descobriu que 89% das organizações não estão protegendo seus dados suficientemente. A Veeam Software, líder em soluções de backup, recuperação e gerenciamento de dados que oferecem proteção de dados moderna, revelou que 88% dos líderes de TI esperam que os orçamentos de proteção de dados aumentem à medida que estes se tornam mais críticos para o sucesso dos negócios e os desafios de protegê-los se tornam ainda mais complexos. Mais de dois terços estão recorrendo a serviços baseados em nuvem para proteger os dados essenciais.

O Veeam Data Protection Trends Report 2022 pesquisou mais de 3.000 tomadores de decisão de TI e empresas globais para entender quais serão as suas estratégias de proteção de dados nos próximos 12 meses. O estudo, o maior deste tipo, examina como as organizações estão se preparando para os desafios de TI, considerando o crescimento no uso de serviços e de infraestrutura nativa em nuvem, o aumento dos ciberataques e as medidas que estão tomando para implementar uma estratégia de Proteção de Dados Moderna para garantir a continuidade dos negócios.

“O crescimento de dados nos últimos dois anos [desde a pandemia] mais que dobrou, em grande parte devido à forma como adotamos o trabalho remoto e os serviços baseados em nuvem”, disse Anand Eswaran, CEO da Veeam. “À medida que os volumes de dados explodiram, também aumentaram os riscos associados à proteção de dados; o ransomware é um ótimo exemplo. Essa pesquisa mostra que as organizações sabem dos desafios e estão investindo mais, muitas vezes por já terem falhado ao fornecer a proteção que os usuários precisavam. As empresas estão perdendo terreno com a modernização das plataformas de ‘produção’ ultrapassando a atualização dos métodos e as estratégias de ‘proteção’. Os volumes de dados e a diversidade de plataformas continuarão aumentando, e o cenário de ciberameaças se expandirá. Portanto, os CXOs devem investir em uma estratégia que preencha as lacunas que têm e acompanhe as demandas de proteção de dados, que só aumentam.”

A lacuna de proteção de dados está aumentando
Os entrevistados afirmaram que seus recursos de proteção de dados não acompanham as demandas dos negócios, com 89% relatando uma lacuna entre a quantidade de dados que podem perder após uma interrupção versus a frequência com que o backup dos dados é feito. Isso aumentou 13% nos últimos 12 meses, indicando que, embora os dados continuem crescendo em volume e importância, o mesmo acontece com os desafios de protegê-los. O principal fator por trás disso é que esses desafios enfrentados pelas empresas são imensos e cada vez mais diversos.

Pelo segundo ano consecutivo, os ataques cibernéticos foram a maior causa pelo tempo de inatividade, com 76% das organizações relatando pelo menos um evento de ransomware nos últimos 12 meses. Não só a frequência desses eventos é preocupante, mas também o seu impacto. Em cada ataque, as organizações não conseguiram recuperar 36% dos seus dados, mostrando que as estratégias de proteção estão falhando em prevenir, remediar e se recuperar de ataques de ransomware.

“À medida que os ataques cibernéticos se tornam mais sofisticados e ainda mais difíceis de prevenir, as soluções de backup e recuperação são essenciais para a estratégia de Proteção de Dados Moderna de qualquer organização”, disse Danny Allan, CTO da Veeam. “Para terem tranquilidade, as organizações precisam de 100% de certeza de que seus backups estão sendo concluídos no período esperado e as restaurações entregues dentro dos SLAs exigidos. A melhor maneira de garantir que os dados sejam protegidos e recuperáveis ​​no caso de ransomware é fazer uma parceria com um especialista terceirizado e investir em uma solução automatizada e orquestrada, que protege a miríade de data centers e plataformas de produção baseadas em nuvem que as organizações de todos os tamanhos dependem hoje.”

As empresas enfrentam uma emergência de proteção de dados
As organizações gastarão cerca de 6% a mais anualmente em proteção de dados do que os investimentos mais amplos em TI para fechar essa lacuna entre os recursos de segurança e o crescente cenário de ameaças. É positivo ver os CXOs reconhecerem a necessidade urgente de Proteção de Dados Moderna.

Com o uso de cloud crescendo, 67% das organizações já usam serviços de nuvem como parte de sua estratégia de proteção de dados, enquanto 56% executam contêineres ou planejam fazê-lo nos próximos 12 meses. A diversidade de plataformas se expandirá em 2022, com o equilíbrio entre data center (52%) e servidores em nuvem (48%) se fechando. Essa é uma razão pela qual 21% das organizações classificaram a capacidade de proteger cargas de trabalho hospedadas na nuvem como o fator de compra mais importante para proteção de dados corporativos em 2022 e 39% acreditarem que os recursos de IaaS/SaaS são o atributo definitivo da proteção de dados moderna.

“O poder das arquiteturas de TI híbridas está impulsionando as estratégias de produção e proteção por meio de armazenamento em nuvem e recuperação de desastres utilizando infraestrutura hospedada em nuvem”, concluiu Allan. “Os benefícios de investir em Proteção de Dados Moderna vão além de proporcionar tranquilidade, garantir a continuidade dos negócios e manter a confiança do cliente. Para equilibrar os gastos com as iniciativas digitais estratégicas, os líderes de TI devem implementar soluções robustas com o menor custo possível.”

Outras descobertas importantes do Veeam Data Protection Trends Report 2022 incluem:

Empresas têm lacunas de disponibilidade: 90% dos entrevistados confirmaram que têm uma lacuna de disponibilidade entre seus SLAs e a rapidez com que podem retornar à produtividade. Isso aumentou 10% desde 2021.
Dados permanecem desprotegidos: apesar de o backup ser uma parte fundamental de qualquer estratégia de proteção de dados, 18% dos dados das organizações globais não são submetidos ao backup — portanto, completamente desprotegidos.
Erro humano é muito comum: falhas técnicas são a causa mais frequente de tempo de inatividade, com uma média de 53% dos entrevistados enfrentando interrupções na infraestrutura/rede, hardware e software do servidor. 46% dos entrevistados tiveram casos de erro de configuração do administrador, enquanto 49% foram prejudicados por exclusão acidental, substituição de dados ou corrupção causada por usuários.
Protegendo trabalhadores remotos: apenas 25% das organizações utilizam fluxos de trabalho orquestrados para reconectar recursos durante um desastre, enquanto 45% executam scripts predefinidos para reconectar recursos executados remotamente em caso de inatividade e 29% reconfiguram manualmente a conectividade do usuário.
Fatores econômicos continuam críticos: quando questionados sobre os fatores mais importantes ao adquirir uma solução de dados corporativos, 25% dos líderes de TI são motivados a melhorar a economia de sua solução.

O Veeam Data Protection Trends Report 2022 completo está disponível para download em www.veeam.com/data-protection-report-2022.

Sobre o relatório
A Veeam contratou a empresa independente de pesquisa de mercado Vanson Bourne para realizar um levantamento quantitativo sobre tendências, adoção e percepções do mercado de proteção de dados em organizações corporativas globalmente. A pesquisa foi realizada com 3.000 tomadores de decisão de TI (em organizações com mais de 1.000 funcionários) de 28 países, usando uma abordagem imparcial para garantir a imparcialidade dos resultados.
Para obter mais informações, visite https://www.veeam.com.
 
Link
Notícias Relacionadas »