10/07/2019 às 13h47min - Atualizada em 10/07/2019 às 13h51min

Na contramão da crise, gráfica rápida expande atuação e investe

Investimento nas tecnologias certas e muito trabalho fazem AlphaGraphics Bela Vista expandir mercado e aumentar turnos

DINO



"Enquanto a maioria das empresas está eliminando o turno da noite, estamos trabalhando com 24 horas de produção".

Com essa frase, Paulo Hideo Kikuchi, sócio-proprietário da AlphaGraphics Bela Vista, descreve o atual momento da empresa, pioneira entre as franquias da AlphaGraphics no Brasil com 18 anos de mercado. O ano de 2018 foi de crescimento para a empresa, que viu seu faturamento aumentar em 15% no ano passado. Agora, prepara-se para uma nova projeção de resultados positivos neste ano.

Obviamente, a gráfica rápida não ficou imune à crise que atingiu várias companhias brasileiras a partir de 2014. A solução? Se reinventar, ampliando seu leque de serviços para projetos que vão além da impressão digital em baixa quantidade, passando a incluir também comunicação visual, livros e todos os tipos de materiais gráficos,

"Temos que dar respostas ágeis aos cliente e às mudanças de mercado", salienta Paulo.

Para o sócio-proprietário da AlphaGraphics Bela Vista, optar por investimentos certeiros em tecnologias que agreguem custo-benefício também foi uma decisão fundamental. "Foi com essa filosofia que expandimos nossa empresa, de uma primeira loja na Alameda Santos, para uma nova estrutura na Avenida Nove de Julho e, há oito anos, com nosso novo prédio na Bela Vista. A inovação de infraestrutura foi acompanhada pela busca por diversificação tecnológica, visando atender, com máxima eficiência, todos os mercados para os quais a empresa presta serviços atualmente, isto é, os segmentos editorial, promocional, impressão offset, comunicação visual, entre outros", diz Paulo.

Em 2019, esse crescimento já resultou em um novo equipamento que chega para compor o parque de impressão digital da empresa: uma nova AccurioPress C6100, o segundo equipamento do mesmo modelo, fabricado pela Konica Minolta.

"Quando optamos por um novo investimento em um equipamento de produção, voltamos a prospectar outras soluções, mas dois fatores foram fundamentais para que optássemos novamente pela Konica Minolta: a qualidade de impressão e o fato de estarmos muito satisfeitos com a AccurioPress C6100 que instalamos em janeiro de 2018. Além disso, com dois equipamentos do mesmo modelo, e trabalhando em turnos de 24 horas, simplificamos o acerto de máquina e também asseguramos uma opção de back up caso haja algum problema", afirma Paulo. "Há dois anos começamos a investir em Konica Minolta justamente porque foi a marca que, nos últimos anos, tem estado à frente nas inovações tecnológicas para impressão digital."

Entre os recursos do novo equipamento está a produtividade de 100 páginas/minuto, resolução de 1200x1200 dpi, e flexibilidade no suporte a gramaturas e formatos de mídia.

"Foram fatores decisivos para a aquisição da AccurioPRESS C6100. Ela oferece possibilidade de imprimir em papéis de até 400g/m2, o que abre um leque novo de aplicações, como produção de folders e capas", acrescentou Ricardo Assunção, também sócio-proprietário da AlphaGraphics Bela Vista.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

47.2%
26.8%
16.3%
8.9%
0.8%