07/06/2022 às 18h22min - Atualizada em 08/06/2022 às 00h00min

Dr. Danilo Everton explica como funciona o jejum feito por Sabrina Sato e Jade Picon

SALA DA NOTÍCIA Thiago Michelasi
Divulgação

A técnica do jejum intermitente se tornou uma das técnicas mais usadas para emagrecer. Diversas celebridades, como a influencer Jade Picon, Sabrina Sato, Yasmin Brunet, Kelly Key e outras tantas personalidades, já mostraram alguns resultados por conta dessa prática. Mas o que seria? De acordo com o Dr. Danilo Everton, que é especialista em técnicas de emagrecimento, revela que é um método que consiste em organizar o período ideal para se alimentar.

 

Jejum intermitente consiste em alternar períodos de jejum, ou seja, sem alimentação alternados com períodos de alimentação. A gente chama de janela e são utilizados com o objetivo de queimar os estoques de gordura armazenada, regulação dos níveis de glicose, diminuir a inflamação do corpo, ajuda a evitar o câncer e aumentar a longevidade”, explica ele.

 

E como funciona? Neste modelo de jejum, as pessoas podem comer no período de 8h, com um total de três alimentações. Nas outras 16h, é permitido ingerir líquidos com baixo nível de calorias. Segundo o especialista, esse método é o mais fácil porque é mais tranquilo ficar sem comer no período noturno. Ainda segundo o Dr. Danilo, é aceitável que no início as pessoas comecem fazendo jejum por 12h.


Desde que aliados jejum intermitente a uma alimentação adequada e uma prática de atividades físicas, o método ajuda no processo de emagrecimento. Uma das armas mais potentes que a gente tem atualmente para quem deseja emagrecer. Mas não adianta nada ficar em período de jejum e quando for alimentar comer açúcar, massas em excesso, álcool e não fazer atividade física. É preciso equilíbrio”, disse o Dr. Danilo Everton.

 

O que pode no jejum?!Durante o período de jejum, os únicos alimentos que podem são os líquidos. Estão liberados: café preto, chá sem açúcar e água”.

 

O que comer no período de alimentação?!

 

Durante o período de alimentação, de preferência comer coisas saudáveis. Carnes magras, peixes, frango, frutas, verduras, legumes, gorduras boas como abacate, chia, linhaça, ovos, azeite de oliva extra virgem e carboidratos complexos como batata doce, macaxeira, arroz integral”.

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »