21/06/2022 às 17h22min - Atualizada em 22/06/2022 às 00h05min

Marcela Brandão entra em cena com o novo single Eu Vim de Lá

SALA DA NOTÍCIA Eliane Verbena
https://verbenacomunicacao.blogspot.com/2022/06/marcela-brandao-entra-em-cena-com-novo.html
Capa/arte: Jeff Penna, foto: Guilherme Assano
A cantora e compositora paulistana Marcela Brandão lança o single Eu Vim de Lá, que chega às plataformas de música no dia 1º de julho de 2022, pelo Selim de Música. A faixa é uma parceria de Marcela com o guitarrista Kinho Russo, que também assina o arranjo e divide a produção musical com o pianista Bruno Piazza.

Marcela Brandão conta que a letra de Eu Vim de Lá brotou em um momento de inspiração provocado pela audição do disco Onde?, de Fran e Chico Chico. “O disco provocou em mim uma inquietação criativa, mais especificamente a faixa “Arvore” (Edson Gomes), que me levou de volta ao ambiente rural, onde já morei e, inevitavelmente, é tema recorrente em minhas músicas”. Na letra, ela exalta a sensação de viver e sentir na pele as energias da terra e das ondas do mar, em um jogo metafórico sobre o prazer e a dor de viver.

A melodia segue no mesmo pulso com arranjo pop imagético. Marcela segue conjugando brasilidade no pop, no eletrônico e no regional. Eu Vim de lá é um canção suingada, na qual elementos eletrônicos, guitarra e sons ancestrais - de instrumentos como berimbau, atabaque, congas e agogô - compõem um ritmo que reporta à brasilidade diversa.

A música será disponibilizada também em ‘versão’ áudio espacial (sistema Dolby Atmos, da Apple Music), que promove uma experiência imersiva com nitidez multidimensional, pela distribuição do som em 360º. O áudio espacial potencializa a percepção/audição de cada instrumento com perfeição, quando os sons parecem vir do espaço ao redor.

A LETRA - Eu vim do seio da Terra | A Terra que me fez | Terra que me refaz | Que reforma dentro e fora | Onde eu me desculpei | Vim das águas quentes do Brasil  | Onde o pulso tá na pele | Que repele a casca da ferida  | Pra regenerar a cor | E o vento, o vento, o vento | Balança entre ressaca e bonança | Roda o tempo em seu balé | Todos temos nossas marés | Mas hay que endurecer | Mas hay que endurecer | Mas hay que endurecer | Mas hay que endurecer | E aterrar…

FICHA TÉCNICA - Música: Eu vim de lá. Composição: Marcela Brandão (letra) e Kinho Russo (melodia). Voz: Marcela Brandão. Arranjo: Kinho Russo. Produção musical: Kinho Russo e Bruno Piazza. Coprodução musical: Thiago Baggio. Músicos: Danilo Moura (talking drum, conga, atabaque, agogô, xequerê, shake, tamborim, berimbau, queixada e sementes), Bruno Piazaza (Rhodes e teclados) e Kinho Russo (violões e guitarra). Edição, afinação e mixagem stereo: Thiago Baggio. Masterização stereo: Carlos Freitas. Mixagem atmos: Zeca Leme. Masterização atmos: Carlos Freitas. Estúdios: Everest Studio (gravação - Thiago Baggio) e BTG Studio (mixagem atmos - Zeca Leme). Capa/arte: Jeff Penna. Fotos/divulgação: Guilherme Assano. Assessoria de imprensa: Eliane Verbena. Distribuição: Selim.

Lançamento/single: Eu Vim de Lá
Intérprete: Marcela Brandão
Nas plataformas de música: 1º de julho/2022
Selo/distribuição: Selim de Música - @selimdemusica
Pre-save: https://ada.lnk.to/euvimdela
Ouça Marcela Brandão: https://open.spotify.com/artist/4YihvchpM0vU5a2ZoTdyak
Facebook: @eumarcelabrandao | Instagram: @marcelabrandaoo | Youtube/mamabrandao

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »