31/07/2019 às 17h41min - Atualizada em 01/08/2019 às 00h00min

Transformação tecnológica tem investimento de mais de R$19 bilhões nas empresas do país no último ano

BPO com qualidade e menos custo – O foco do BPO (Business Process Outsourcing) é reduzir os custos da operação, otimizar a eficiência dos processos e fornecer tamanho e escala às empresas para lidar com um grandes volumes de atividades , principalmente rotineiras. Por isso, uma das principais razões pelas quais uma companhia pode querer terceirizar uma tarefa ou processo é a de melhorar os resultados e a performance.

DINO
https://www.movats.com.br/


BPO com qualidade e menos custo – O foco do BPO (Business Process Outsourcing) é reduzir os custos da operação, otimizar a eficiência dos processos e fornecer tamanho e escala às empresas para lidar com um grandes volumes de atividades , principalmente rotineiras. Por isso, uma das principais razões pelas quais uma companhia pode querer terceirizar uma tarefa ou processo é a de melhorar os resultados e a performance , tanto no SLA quanto no custo daquela operação. O BPO permite que a empresa reduza custos entre 20% e 25% em suas operações.

Segundo a Febraban, em 2018, R$19,6 bilhões foram aplicados em tecnologia pelas instituições financeiras, com o objetivo de melhor atender às necessidades dos clientes em um mundo de rápida transformação tecnológica; um crescimento de 3% em relação a 2017. Houve um aumento nas despesas com tecnologia, que subiram de R$ 13,2 bilhões para R$ 13,9 bilhões. Os investimentos, por sua vez, mantiveram-se no mesmo patamar, indo de R$ 5,8 bilhões para R$ 5,7 bilhões – reflexo do esforço dos bancos em acompanhar a evolução da tecnologia, de forma eficiente, para oferecer serviços de ponta aos seus clientes

Ainda mais impressionante foi a expansão de 2.585% nos atendimentos via chatbots – no qual a interação é automatizada por robôs que utilizam a linguagem natural e se aperfeiçoam quanto mais são utilizados. Enquanto em 2017 foram realizadas 3 milhões de interações via chatbots, em 2018 foram feitas 80,6 milhões. Esse, sem dúvida, tem sido um dos recursos nos quais os bancos mais têm aplicado as ferramentas de inteligência artificial e computação cognitiva para proporcionar ao usuário uma melhor experiência com as soluções e produtos bancários.

Para fins de alta performance, o ideal é a contratação de empresas com o know how de BPO e que integre as tecnologias de chatbox com inteligência artificial e RPA. Esse parceiro cria soluções a partir da organização de análises, Key Performance Indicator (KPIs), auto-treinamento com e-Learning, robótica e machine learning não apenas para atingir as metas, mas excedê-las.

Uma empresa como a Movats, por exemplo, por meio de um trabalho de consultoria, oferece orientação ao cliente para aumentar a receita e a lucratividade e, também, apresentar dados com resultados mensuráveis. "Ajudamos os clientes a aumentar a eficácia operacional, com arquitetura, integração e governança de dados. Com tudo isso, conseguimos melhorar a qualidade do atendimento em até 30% baseado em indicadores, como o NPS (Net Promoter Score)", afirma Rogério Selleri – diretor da Movats.

Até hoje, empresas que têm utilizado os serviços de BPO estão preocupadas, principalmente, com a redução do prazo dos serviços, melhor qualidade no atendimento e um custo mais baixo nas operações. A Movats é um exemplo de empresa que oferece os serviços de automação com custo por serviço acessível e que tem know how do ramo financeiro.

www.movats.com.br



Website: https://www.movats.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »