11/10/2019 às 12h51min - Atualizada em 11/10/2019 às 13h03min

Quanto custa anunciar na TV? É uma possibilidade para todo tipo de empresa?

Anunciar na TV pode ser encarado como algo custoso, mas existem alternativas e oportunidades viáveis para empresas de todos os tamanhos.

DINO
https://zimbro.ag


A TV sempre esteve presente nos lares das famílias brasileiras, notabilizando-se por ser o meio de maior penetração dentre todos os existentes. Segundo o Atlas de Cobertura da TV Globo, o sinal aberto de televisão possui o alcance potencial de mais de 200 milhões de pessoas - quase 100% da população brasileira.

Dado seu alto poder de cobertura, anunciar na TV pode parecer custoso, mas é apenas a primeira impressão. Obviamente que, se o desejo for veicular durante os principais programas e audiências, os custos serão mais elevados - afinal, o comercial impactará milhões de pessoas. Diante disso, existem algumas boas alternativas, e uma delas é a TV Paga.

Apesar de possuir uma cobertura menor que o sinal aberto, a TV por Assinatura possui grande relevância, presente hoje em aproximadamente 25% dos lares no Brasil. Com a forte crise nos últimos anos, o meio sofreu um decréscimo no número de assinantes, mas a sua audiência subiu: em tempos difíceis, as pessoas tendem a ficar mais em casa e consumir o entretenimento disponível em seus lares. Além deste fato, a audiência do meio se notabiliza por ser mais qualificada que a TV Aberta, concentrando a sua penetração nos consumidores das classes A e B.

Dada a grande quantidade de canais, a TV por Assinatura proporciona uma outra possibilidade interessante: encontrar nichos de acordo com o conteúdo, impactando o público-alvo desejado. Com isso, o meio exerce papéis muito importantes para a construção de uma marca, como awareness, credibilidade e a apropriação de territórios/conteúdos.

Apesar da eficiência dos meios digitais, a TV tem uma característica própria: a receptividade do telespectador com o break comercial é muito maior, somado ao recurso visual e sonoro dos filmes publicitários. Diante disso, é notável que cada meio tem a sua função, e juntos funcionam em perfeita sintonia - enquanto a televisão constrói marca e gera a consideração por tal produto ou marca, os meios digitais são essenciais para a conversão. A presença de grandes anunciantes nativos do ambiente digital na TV corrobora ainda mais para esta compreensão.

Outro ponto importante é a produção do material publicitário. As possibilidades são inúmeras, mas é importante ter atenção quanto ao investimento dispendido para a sua realização. Os anunciantes devem se guiar pelo custo total de veiculação - o ideal é que o custo da produção seja igual ou menor a 20% do valor total da mídia negociada. Uma alternativa bastante válida é produzir o material com os próprios canais, que muitas vezes absorvem ou subsidiam parte destes custos.

Apesar das grandes possibilidades introduzidas pelos meios digitais, a TV ainda possui uma relevância imensa e deve ser sempre considerada como alternativa - basta compreendê-la para esmiuçar as suas possibilidades. Conte com a expertise da Zimbro para auxiliar a sua empresa nesta empreitada.



Website: https://zimbro.ag
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

47.5%
28.0%
16.1%
7.6%
0.8%