25/10/2019 às 14h01min - Atualizada em 25/10/2019 às 16h03min

Viagem Segura: aplicativo protege motoristas e animais contra acidentes rodoviários

Como garantir viagens de férias realmente seguras? Está disponível para pré-cadastro um aplicativo que usa inteligência artificial para mapear as estradas e alertar os motoristas de áreas de risco de atropelamento de animais e acidentes de trânsito. Assim, o sistema ajuda a salvar vidas humanas e a proteger a biodiversidade brasileira. Tecnologia também é mais barata e eficiente que dispositivos fixos para a redução de acidentes com animais

DINO
https://sousafe.com.br
Animal cruzando uma estrada e colocando em risco os motoristas


Transitar pelos cerca de 1,7 milhão de quilômetros de estradas e rodovias brasileiras - apenas 200 mil quilômetros asfaltados - traz riscos para motoristas, passageiros e animais silvestres. Em média, 6 mil pessoas morrem a cada ano em acidentes nas estradas brasileiras, muitas envolvendo animais domésticos e selvagens. Ao mesmo tempo, cerca de 450 milhões de animais são atropelados em estradas e rodovias. Para ajudar a reduzir as fatalidades, foi lançado um aplicativo para celulares que aumenta a segurança viária. 

Usando inteligência artificial, o U-Safe cruza dados reais e atualizados continuamente sobre atropelamentos de animais e acidentes rodoviários para informar aos motoristas quais trechos de estradas e rodovias merecem mais atenção. Assim, o aplicativo ajudar a salvar vidas humanas e a proteger a biodiversidade brasileira, única no mundo.

O aplicativo usa “anéis de proteção” para informar o nível de risco viário a cada quilômetro. Quanto maior um anel, maior a chance de se atropelar um animal selvagem ou doméstico ou até de sofrer um acidente. Nos primeiros dias o U-Safe liberará apenas alguns trechos de rodovias, para testes e melhorias. Nos próximos meses novos segmentos de estradas poderão ser baixados para a proteção dos usuários.

Mesmo em rodovias ou estradas que ainda não possuem análise de risco, é possível baixar pontos de atropelamentos de fauna selvagem. Assim, motoristas serão alertados sobre locais onde já aconteceram atropelamento de animais. A frequência das notificações é ajustada pelo usuário.

Também é possível conhecer os riscos de viagens realizadas, quantos animais selvagens perderam a vida em determinados trechos de estradas e rodovias e, claro, quantas viagens cada usuário realizou com o U-Safe.

Conforme o idealizador da tecnologia, o professor e pesquisador Alex Bager, à frente do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas da Universidade Federal de Lavras (MG), medidas para a redução de acidentes com animais selvagens e domésticos são instaladas em pontos fixos das rodovias, estradas e ferrovias, muitas vezes sem embasamento técnico e científico adequado, e, ainda, têm custo elevado.

“Trabalhos científicos publicados em vários países mostram que as áreas críticas para atropelamentos de fauna, e assim com maior risco para acidentes com pessoas, podem mudar ao longo do tempo, inutilizando medidas convencionais como pontes, túneis e cercas”, explicou. O pesquisador complementou que "tais medidas são imprescindíveis em algumas situações, mas a maioria daquelas já instaladas no Brasil carecem de avaliações de efetividade".

Já com o U-Safe, mudanças em pontos de maior risco para pessoas e animais são incorporadas pelo aplicativo e novos alertas passam a ser emitidos. Ou seja, seu uso amarra informações dos usuários e de órgãos públicos que amplia a segurança viária de forma contínua.

“O aplicativo é ágil para identificar e alertar sobre novas áreas críticas para atropelamentos e acidentes. Também ajudará numa mudança de hábitos dos usuários de rodovias, informando em tempo real e permitindo às pessoas para que tomem as melhores decisões sobre suas viagens”, ressaltou Bager.

Durante os meses iniciais de lançamento e de ajustes operacionais, baixar e usar o U-Safe é gratuito. “Queremos que nossos usuários estejam protegidos já nas próximas férias. Manteremos o aplicativo gratuito até o começo do ano que vem”, ressaltou o pesquisador.

SISTEMA URUBU - O U-Safe é a evolução do app Sistema Urubu. Lançado em 2014, se tornou uma grande rede social voltada à conservação da biodiversidade brasileira, permitindo a motoristas e passageiros que registrem com fotos e coordenadas animais atropelados avistados em suas viagens. 

Seus cerca de 25 mil usuários ajudaram a reunir mais de 100 mil registros de atropelamentos de fauna, em todo o país. A nova versão do Sistema Urubu traz grandes novidades, muitas atendendo a pedidos de usuários. 

Provavelmente a mais esperada são as Conquistas, que são níveis que os usuários podem atingir por enviar mais registros. Outras novidades são a possibilidade de registrar fotos de animais silvestres e domésticos, controlar registros enviados no próprio celular, há Informações sobre biologia e ecologia das espécies registradas e muito mais.

STARTUP SOCIOAMBIENTAL - A ausência de recursos para manter o Sistema Urubu obrigou o Prof. Alex Bager a deixar a zona de conforto e buscar alternativas para continuar conservando a biodiversidade brasileira. Desde março de 2019 o professor é sócio-fundador da Environment, a startup responsável pelo desenvolvimento do U-Safe e que está sediada na Incubadora de Base Tecnológica (INBATEC), da Universidade Federal de Lavras.

A equipe acredita que além dos motoristas de passeio o U-Safe poderá ser utilizado por empresas de logística, concessionárias de rodovia, locadoras de veículo e seguradoras, inclusive como uma forma de premiar motoristas que dirigem com mais cautela nos trechos de alto risco das rodovias.

Nos próximos três anos a empresa tem como meta atingir mais de 100 mil pessoas em todo o Brasil. “O Urubu e o U-Safe criam um círculo virtuoso onde quanto mais fotos forem enviadas, melhores são nossas análises de risco, e, assim, melhor será a proteção de todos os usuários e de nossos animais”, destaca Bager.

 



Website: https://sousafe.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

47.5%
28.0%
16.1%
7.6%
0.8%