01/11/2019 às 11h33min - Atualizada em 01/11/2019 às 11h42min

Procura por engenheiros de software cresce nos EUA e Europa

Levantamento mostra que a engenharia de software é uma das carreiras mais promissoras da área de tecnologia

DINO
http://www.d4uusa.com


Levantamento do site Career Cast, mostra que a engenharia de software é uma das carreiras mais promissoras da área de tecnologia, nos Estados Unidos, puxados, sem dúvida, pelo Vale do Silício, capital dos grandes investimentos nesse mercado. 

Mas não é só na terra do tio Sam que a demanda por esses profissionais cresce. Dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), mostram que a Europa também sente falta deles, sendo que em países como Alemanha, Suécia, França, Reino Unido, Grécia, Irlanda, Bélgica e Holanda, a procura é maior.

Essa pode ser uma boa oportunidade para os brasileiros que sonham em morar fora. Jean Malaquias, de 30 anos, engenheiro de software e empresário, resolveu aos 26 resolveu surfar nessa onda que cresce a cada ano e arriscar uma vida nova na Irlanda. 

Com um intercâmbio por contra própria ao lado da esposa, sem entender e falar muito inglês, chegou em Dublin cheio de coragem para mudar. E, com menos de um mês no país europeu, recebeu uma proposta para colaborar com o desenvolvimento de um software para gerenciamento de propriedades, custeado por uma associação chamada Landlords Irlandeses, hoje conhecida como EasyPM. “Como o trabalho era home office, eu comecei tratando os assuntos pelo e-mail, onde eu podia usar o Google tradutor, mas o projeto foi um sucesso. A demanda por esses profissionais na Irlanda e em outros países da Europa, realmente existe. Profissionais que se dedicam aqui, podem aproveitar para dedicar seu conhecimento no exterior”, conta. 

Malaquias com três meses na Irlanda, recebeu sua segunda proposta, via LinkedIn, de uma empresa chamada Money Point, que cuida de hardwares e softwares de caixas eletrônicos e também investe forte em softwares monetários. “Foi um longo período de diversos testes, desde entrevistas a certificado de boas condutas. Passei então a trabalhar em duas empresas simultaneamente”, pontua o engenheiro que teve um salto no seu desenvolvimento do idioma e viu o software Cashman, que ele implementou, crescer até ser comercializado em licenças e se tornar um sucesso. “Ele foi apresentado em duas feiras internacionais, na Alemanha Lituânia. Muitos clientes vieram dali mesmo”.

Quer uma prova que a demanda por profissionais de TI realmente existe por lá? Malaquias recebeu, em menos de cinco anos, uma terceira proposta. Dessa vez da Pigsback.com, e vai para o mercado de e-commerce, com um salário 50% maior do que o anterior. “Antes de deixar a Money Point, meu então chefe pediu para que eu contratasse duas pessoas para ficarem no meu lugar e foi o que eu fiz. Chamei dois brasileiros, pois não existem programadores iguais aos brasileiros aqui na Europa”, conta, Malaquias, que com sua experiência e muitos desafios pela frente, viu o e-commerce se tornar o número um da Irlanda.

Mas Malaquias não encerra sua carreira de sucesso no país e passa a receber uma quarta proposta, dessa vez na SGGS. “Foi aqui que passei a de funcionário Permanente (CLT do Brasil) para Contractor, onde tive que abrir minha própria empresa para prestar consultoria”. Malaquias desenvolveu um projeto para o departamento de trânsito do governo irlandês.

A próxima meta de Malaquias é os EUA, palco das novas tecnologias e investimentos na área. “Meu sonho é ir para o Vale do Silício [EUA]. Um dos meus objetivos é me tornar especialista em Inteligência Artificial, focado em Machine Learning e Deep Learning. Tanto no Brasil quanto na Europa, o assunto ainda está muito recente e as empresas e universidades ainda não se deram conta de tudo que está acontecendo ao redor. Porém, nos EUA, isso já está acontecendo há alguns anos e, inclusive, as universidades já aplicam graduações, MBA, Master em áreas de Inteligência Artificial, DeepLearning, RedesNeurais. Empresas como Google, Microsoft, HP, SAP, fornecem treinamentos e cursos totalmente gratuitos para profissionais da área”.

Atualmente, Malaquias presta consultoria na área de Airlaines, para uma empresa chamada Retail inMotion e conta com uma agência de intercâmbios no Brasil, em Florianópolis (SC), sua cidade natal; negócio inspirado no seu desejo de fazer com que outras pessoas alcancem os sonhos que um dia ele programou.



Website: http://www.d4uusa.com
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

47.2%
26.8%
16.3%
8.9%
0.8%