06/11/2019 às 10h32min - Atualizada em 06/11/2019 às 10h42min

Construtoras adotam estruturas em aço galvanizado para agilizar obras do programa Minha Casa Minha Vida

Empresa especializada em soluções construtivas instalou cerca de 1.500 telhados em light steel frame e passou a incluir placas de energia solar nas estruturas

DINO
http://www.lafaete.com.br


Economia, redução de resíduos e praticidade são apenas alguns dos fatores que têm motivado construtoras a adotarem o uso de estruturas em aço galvanizado, o light steel frame (LSF). No caso de empresas que atuam no programa "Minha Casa Minha Vida", os benefícios, em médio e longo prazos, contribuem para o aumento das vendas e representam um diferencial ao proporcionar economia e conforto aos clientes finais.

Para atender à demanda crescente das construtoras, a Lafaete, empresa especializada em soluções construtivas, oferece ao mercado, há cerca de três anos, diversos materiais em aço galvanizado. Nesse período, foram comercializados e instalados, apenas no programa "Minha Casa Minha Vida", aproximadamente 1.500 telhados em steel frame.

O sucesso dos produtos tem sido utilizado como case em eventos do setor, como o Summit Minha Casa Minha Vida 2019, realizado em setembro. "Falamos sobre a qualidade e as normas aplicadas com relação ao steel frame e apontamos a aplicação na construção civil, por exemplo", relata o diretor de Operações da Lafaete, Edison Tateishi.

Segundo ele, a modularização de telhados em steel frame é uma tendência no Brasil. Por serem desenvolvidas "sob medida", as estruturas já saem "engenheiradas" da fábrica e, em até três dias, são montadas no próprio local da edificação. "O país, historicamente, mantinha a tradição do uso de telhados em madeira, que se quebravam e deslocavam com facilidade. As manutenções constantes e a fragilidade do material, no entanto, motivaram a substituição por aço galvanizado", explica Tateishi.

Anteriormente produzidos informalmente por serralheiros, hoje os telhados em estruturas metálicas são desenvolvidos pela Lafaete com base em cálculos e com respeito às normas vigentes, o que garante a responsabilidade técnica nos produtos desenvolvidos. "Isso é fundamental, especialmente quando o mercado tem se preocupado com o atendimento às normas e ao compliance", aponta o diretor de Operações da empresa.

Apesar de serem de rápida finalização, os telhados em steel frame produzidos têm uma longa durabilidade, que pode chegar a 10 anos. "Os telhados em LSF são feitos em metade do tempo dos telhados tradicionais. A grande produtividade desse método é o principal atrativo para as construtoras, que têm um giro de capital maior e, consequentemente, um retorno multiplicado. Além disso, as estruturas já são instaladas com placa de energia solar, o que gera um ganho tanto na economia quanto em sustentabilidade", explica Tateishi. "Essa é uma grande vantagem em um momento de expectativa de aquecimento do mercado", garante.



Website: http://www.lafaete.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

47.2%
26.8%
16.3%
8.9%
0.8%