12/11/2019 às 12h42min - Atualizada em 13/11/2019 às 10h12min

Especialista dá dicas de como aproveitar a Black Friday para vender mais pelo telefone e internet

Em 2018 a Black Friday movimentou mais de R$ 2.6 bilhões, um aumento de 23% em relação ao ano anterior. A expectativa é imensa para este ano. Por que não aproveitar este período para alavancar as vendas?

DINO
http://www.institutoim.com.br
Especialista dá dicas de como aproveitar a Black Friday para vender mais


Com aproximação de umas das melhores datas para vender mais no ano, a Black Friday 2019 promete alavancar as vendas das empresas. O que antigamente era restrito para alguns setores e também somente pela internet, hoje expandiu ao ponto de empresas que atuam no mercado B2B usarem essa época para aumentar suas vendas. Algumas empresas já até iniciaram as ações de vendas com o “esquenta black friday”. Não é por menos, desde que a data foi implantada no Brasil os números só crescem. É uma busca intensa por oportunidades na última quinta-feira e sexta-feira do mês de novembro. Segundo pesquisa da Nielsen, a Black Friday de 2018 atingiu mais de 4.27 milhões de pedidos, um aumento de 23% em relação ao ano anterior o que gerou mais de R$ 2.6 bilhões de faturamento, com o incrível número de 2,41 milhões de compradores.

Expectativa de vendas para a Black Friday 2019

A projeção da GFK é que nesse ano a Black Friday ultrapasse o faturamento de R$ 13 bilhões, o que ajudará as empresas no incremento de vendas. “Em um ano em que as dificuldades na área de vendas foram imensas, ter um plus nas vendas vai ajudar as empresas a diminuir o estoque e as perdas” afirma o professor e mestre Isaac Martins, autor dos livros A Bíblia do Televendas e Máquina de Vendas por Telefone na Era Digital. Considerado um dos maiores especialistas em vendas por telefone, Martins explica que para vender mais na Black Friday as empresas precisam se adaptar ao perfil dos compradores e principalmente ao novo cenário do mercado de consumo. “É preciso ter muito cuidado porque os clientes estão cada vez mais seletivos nas ofertas, eles pesquisam, questionam e compram de promoções que são realmente válidas”. Segundo Martins, aumentar os preços semanas antes para ludibriar os consumidores é um erro mortal, capaz de manchar a reputação da empresa. Além disso, os Procons de todo o país têm se preocupado com essas “ofertas pegadinhas”. No ano passado a instituição aplicou dezenas de multas em empresas que maquiaram seus preços para enganar os clientes. 

Medo de fraudes alavanca o uso do telefone na Black Friday

Com o avanço dos cibercrimes, os consumidores estão mudando sua estratégia de compra, eles entram na internet, levantam todas informações sobre o produto ou a empresa, assistem vídeos e fazem a comparação entre os concorrentes. Porém, em muitos casos, eles preferem ligar para o departamento de televendas para confirmar se a empresa ou a oferta é verdadeira. Uma pesquisa realizada pela consultoria PwC apontou que 65% dos brasileiros fazem compras on-line ao menos uma vez por mês e o alerta vem da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico o que estima que e-commerce brasileiro obteve 1 tentativa de golpe a cada 6 segundos e isso tem assustado os clientes. É neste momento que as empresas podem criar um televendas para receber estas ligações. “Isso é uma tendência, o departamento de televendas será cada vez mais será digital, responsável por todo o contato do cliente com a marca, seja ela por e-mail, Chat ou WhatsApp, estamos iniciando a era televendas 5.0”, afirma Martins.  Em seu novo livro, o autor apresenta 7 maneiras para criar uma máquina de vendas por telefone na era digital, que destaca que o setor de televendas no Brasil ficou maduro, capaz de ser um centro de vendas, não importa de qual canal o cliente esteja optando. “O que tenho observado é que independentemente do segmento e a maneira que a empresa utiliza o telefone, há um método, que juntando com a força da era digital, vai revolucionar qualquer tipo de negócio”, explica Martins. 

Usar o telefone e a internet é o melhor caminho para aumentar as vendas

Visto que há uma parte dos clientes que preferem ligar para ter certeza de que a oferta é válida, não basta ter apenas um telefone e uma pessoa para atender, há muito mais envolvido. “As empresas precisam se preparar para vender na era digital. Não adianta divulgar o telefone em todas as mídias se não houver linhas suficientes para receber as chamadas e profissionais preparados”, alerta o professor. “O colaborador do televendas ou vendas internas precisa estar motivado, bem treinado e principalmente atualizado com os novos gatilhos mentais” conclui. Martins ressalta que além de planejar para receber ligações, e-mails e contatos pelo WhatsApp a empresa precisa de gestão para orientar, criar estratégias e principalmente monitorar o desempenho e resultado. 

Preparar uma caixa de ferramentas para vender mais na Black Friday

Qualquer profissional possui uma caixa de ferramentas para executar bem sua tarefa.  Pense em um pintor, ele possui diversas ferramentas que ajudam a concluir a pintura de maneira eficaz. O mesmo deve ocorrer com a sua equipe de vendas. Parece simples, mas ter vídeos das ofertas, posts tematizados, decoração e até mesmo scripts especiais para esse período, fazem diferença. “Mesmo no local do televendas, onde dificilmente um cliente vá visitar, é fundamental a empresa decorar o ambiente com o tema da Black Friday”, explica Martins. Entre outras ações, inclua também premiações para a equipe de vendas decorrentes da Black Friday, um café da manhã no dia para animar os colaboradores e atue forte nas redes sociais.

Divulgar é fundamental para vender mais

É necessário um planejamento de mídia para investir pesado na divulgação. Também é preciso pensar nas ações on-line, como nas buscas e impulsionamento das redes sociais, mas também nas ações off-line como faixas, panfletos entre outras. “Há formas de divulgação que custam muito pouco, como por exemplo, postar no status do WhatsApp, ligar para a sua base de dados de clientes, enviar SMS e e-mails”, lembra Martins.

Chegou o momento de vender mais por telefone e pela internet na Black Friday

É preciso iniciar a semana da Black Friday a todo vapor. “Não perca a oportunidade de vender para quem quer comprar”, conclui o professor Isaac Martins que é fundador do Instituto Isaac Martins.

O livro Máquina de Vendas por telefone na Era Digital é vendido exclusivamente no site www.institutoim.com.br/loja



Website: http://www.institutoim.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

47.2%
26.8%
16.3%
8.9%
0.8%