28/11/2019 às 11h28min - Atualizada em 28/11/2019 às 11h42min

Startup de educação levanta R$1.5 milhão via crowdfunding

A Colmeia, startup que inova e profissionaliza o mercado de reforço escolar, abre crowdfunding para captação de aporte de 1,5 milhão de reais pela plataforma da SMU. A empresa já recebeu parte do investimento pelo fundo Devas e espera captar o restante do valor nos próximos dias.

DINO
http://www.aulascolmeia.com.br
Colmeia Aulas Particulares


Foi lançada, pela plataforma da StartMeUp (SMU), crowdfunding para investimento em solução que propõe aprimorar a educação de estudantes com personalização e tecnologia. A startup atua há mais de 3 anos e já possui operação no Distrito Federal e na cidade de São Paulo.

A rodada de investimentos, liderada pela Cotidiano, já iniciou com parte aportada pelo fundo Devas Invest. "Com foco na experiência tanto dos professores quanto dos alunos e dos pais desses alunos, eles construíram uma plataforma que consegue medir todo o custo de aquisição do cliente e a satisfação dele. E com isso eles conseguem ter uma visão preditiva da receita" afirma André Fróes, CEO da Aceleradora Cotidiano.


Como Funciona a Colmeia?

A Colmeia é uma plataforma que funciona via site ou aplicativo. Os pais, após realizarem o cadastro, podem selecionar as disciplinas que gostariam de solicitar aula, informar o endereço de realização da aula, e em seguida escolher o professor que deseja para ministrar a aula. Os pais têm acesso ao currículo e avaliações no aplicativo, o que pode facilitar na hora de escolher o que melhor pode ajudar seu filho. O próximo passo é escolher o tempo de duração da aula, data e horário. Após isso basta cadastrar o cartão que será utilizado para pagamento e solicitar as aulas.

Objetivos

A startup tem como objetivo promover a personalização da educação, que hoje no Brasil é massificada. “A Colmeia surgiu para formalizar o mercado de reforço escolar. Nos preocupamos muito com a qualidade dos nossos professores e das nossas aulas. Apesar de sermos um marketplace, tratamos de duas coisas que requerem um cuidado maior: personalização e educação”, explica Tiago Lenza, CEO e fundador da Colmeia.

Com isso, o processo seletivo e a capacidade tecnológica são os principais diferenciais da Colmeia. Através de um processo seletivo, conseguem captar professores excelentes, e é por isso que a avaliação é de 4,9 de 5. Além disso, possuem agilidade e tecnologia para escalar um negócio que requer personalização e acompanhamento.

Segundo os fundadores, a Colmeia cresce em média duas vezes e meia por ano e em 2019 mantiveram crescimento de 30% ao mês. Além disso, os modelos logísticos em Brasília e São Paulo foram reestruturados, o que permitiu realizar mais aulas com menos professores.

Mercado

Um estudo, realizado em 2018 pela Zion Research, avaliou o mercado de ensino personalizado em 96 bilhões de dólares em 2017 e tem previsão de atingir US$166 bilhões até 2026. Além disso, o Brasil é apontado como um dos principais mercados desse segmento.


Como Investir na Colmeia?


A Colmeia está captando R$1,5 milhão pela plataforma da SMU. A startup já garantiu parte desse valor aportada pelo fundo de investimento Devas e busca agora completar a meta com novos investidores.

Para se tornar um investidor da plataforma basta fazer o seu cadastro no site da SMU, acessar a oferta (https://www.startmeup.com.br/#/oferta/colmeia), escolher a opção “investir”, assinar o termo de investimento escolhendo o valor do aporte (mínimo de R$1 mil) e escolher a forma de pagamento.

É recomendada a leitura do material que contém as informações necessárias para investimento pela SMU. Os materiais estão disponíveis na própria página da oferta.



Website: http://www.aulascolmeia.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

47.2%
26.8%
16.3%
8.9%
0.8%