08/01/2020 às 18h02min - Atualizada em 08/01/2020 às 18h42min

A importância de uma boa diagramação para compor o projeto gráfico

Ter uma planejamento bem definido faz toda a diferença para o resultado final.

DINO
https://designgrafico.curitiba.br/

A frase "julgar o livro pela capa" faz total sentido quando o assunto são publicações gráficas. Pode-se ter o conteúdo mais rico, bem-escrito e cheio de dados do mundo. Se a apresentação visual desse material não for adequada, todo o trabalho corre o risco de ir por água abaixo. Afinal, dificilmente o público-alvo dedicará mais tempo à leitura se não for impactado e fisgado logo de cara. É por essa necessidade de gerar interesse instantâneo que uma boa diagramação é tão importante.

Mas não cabe pensar que basta abrir os editores gráficos e colocar a mão na massa. O processo criativo também é guiado pelas fases de estratégia e planejamento. Na etapa de preparação de qualquer peça gráfica, é preciso considerar que aspecto ela terá - seja um informativo, cartilha, revista, anuário, livro ou qualquer outra iniciativa -, pensar no público a que ela se destina e o objetivo que se pretende cumprir. Quando aplicável, também deve-se lembrar dos princípios defendidos pelo cliente ainda no briefing.

A partir daí, o designer, diagramador ou diretor de arte responsável pelo trabalho elabora o conceito que o norteará e monta o chamado projeto gráfico - que nada mais é do que um esqueleto do que será apresentado. Quando os materiais são produzidos para o ambiente corporativo, em especial, o ideal é que esse processo seja feito à luz do branding institucional, de forma que possa conversar com as demais produções da marca, seguindo uma mesma linha e estabelecendo identificação no leitor.

Na hora de traçar as características visuais de uma peça de design gráfico, além da escolha do estilo de diagramação, família tipográfica, tipo de papel para a impressão e das cores que serão empregadas, é preciso refletir quais elementos podem ajudar a esquematizar melhor o conteúdo em questão. Em uma era na qual as pessoas são cada vez mais bombardeadas de informações, quanto mais escaneável for o conteúdo apresentado, melhor. Isso pode ser um fator-chave para definir se vale a pena ou não despender os minutos seguintes com aquele material. Além disso, esse cuidado torna a leitura mais fluida e menos cansativa.

Entre os principais artifícios adotados estão itens como subtítulos, capitulares, olhos, boxes, tabelas, fotos em alta qualidade, ilustrações criativas, entre outros. A ideia é não só oferecer uma estética atraente, como também guiar o olhar e atenção do leitor e estimular a sua concentração, trazendo highlights para determinados pontos ou opiniões do texto principal. Até mesmo os espaços deixados na página servem a um propósito - o de dar mais respiro.

No entanto, não há regras fixas. É evidente que a teoria aborda algumas orientações para que esse processo resulte em diagramações mais atrativas, mas o profissional de criação responsável tem flexibilidade para montar o projeto com base nas próprias referências, customizando o trabalho conforme as necessidades do cliente.

Uma vez que a boa repercussão é o que se espera no momento da produção de qualquer tipo de conteúdo, poder contar com profissionais experientes na realização de serviços de design gráfico é fundamental para garantir que o material elaborado pelo autor chegue e, de fato, impacte seu público-alvo.

Para saber mais: https://designgrafico.curitiba.br/ ou https://www.eighty.com.br/



Website: https://designgrafico.curitiba.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

52.8%
29.2%
16.0%
1.9%
0%