19/02/2020 às 11h40min - Atualizada em 19/02/2020 às 11h42min

Redes sociais invadem mercado e levam pequenos empreenderes e profissionais liberais e aderirem à tendência

As redes sociais passarem a ser requisito obrigatório para empreender

DINO
https://brandmaker.com.br/


O número de microempreendedores individuais (MEIs) no país ultrapassou pela primeira vez a marca de 9 milhões. Somente neste ano, o número de brasileiros que optou por essa modalidade de atuação no mercado de trabalho já chega a quase 1,3 milhão. Segundo dados do Portal do Empreendedor do governo federal, o número total de registros de MEIs atingiu 9,031 milhões no final de setembro, o que representa uma alta de 16,7% na comparação com o final do ano passado (7,74 milhões) e de 21,6% em 12 meses (no final de setembro de 2018 eram 7,42 milhões).

Diante deste cenário, as marcas que inovarem na comunicação, no posicionamento dentro do seu mercado com mensagens impactante e que se destacarem em seu mercado de atuação, por meio da construção da marca e identidade visual, atraindo visibilidade e engajamento para seus consumidores, sustentarão os seus negócios. Além disso, com a evolução da tecnologia, é essencial que as empresas cresçam dentro do seu universo comercial e, para isso, será necessário cada vez mais colaboração, planejamento estratégico e análise de dados para a visibilidade e o sucesso da empresa.

Hoje há uma comunicação constante por diversos meios, incluindo o on-line, que tomou bastante espaço e quem utilizar e extrair todo o potencial das ferramentas e o posicionamento da sua marca de maneira coerente e inovadora, se destacará. Mas este ainda é um território desconhecido por muitos microempresários. Muitos se perguntam como utilizar todas as ferramentas e estratégias em favor da visibilidade dos seus negócios. Cristiano Oliveira, fundador e diretor criativo da BrandMaker, dá cinco dicas importantes para melhorar a comunicação das empresas:

1) Traçar o objetivo da instituição nas redes;
2) Verificar público-alvo;
3) Criar uma identidade visual;
4) Ter uma estratégia de marketing e de captação de seguidores;
5) Sempre interagir e estar próximo aos seguidores, criando uma frequência e consequentemente um vínculo.
Na era da transformação dos negócios, onde a tendência pelo empreendedorismo cresce a cada ano, o mercado sentirá um impacto ainda maior dos concorrentes. "A construção de uma marca e o seu posicionamento deixaram de ser uma tendência para se tornar um componente central da estratégia empresarial", comenta Oliveira.

Atualmente, as plataformas digitais são meios de comunicação onde os usuários podem oferecer informação, estar conectado com milhares de pessoas e terem fácil acesso a novos negócios, pois a maioria das empresas e clientes estão conectados em busca de novos projetos.

Com o objetivo traçado, é necessário idealizar quais produtos serão criados e como eles serão criados. Após toda produção de conteúdo é necessário criar um cronograma de postagem para que tenha frequência nas postagens, resultando em um crescimento de alcance e engajamento. As interações e engajamento é essencial para o crescimento das redes sociais e a criação de um vínculo com o público-alvo.

O público está cada vez mais exigente com o conteúdo e com a publicidade que consome. "Para os negócios, as mídias digitais e novas plataformas tecnológicas criaram oportunidades de expandir mercados, adotando novas técnicas de comunicação que permitem competir em igualdade com grandes empresas é essencial. Este é o momento de desenvolver habilidades e de utilizar o poder da comunicação para adquirir vantagem competitiva e melhores resultados", conclui Oliveira.




Website: https://brandmaker.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

47.2%
26.8%
16.3%
8.9%
0.8%