27/03/2020 às 09h19min - Atualizada em 27/03/2020 às 09h36min

Especialista alerta sobre as perdas financeiras ao pausar ou desistir do processo de imigração para a Austrália

O governo já deixou claro que estas medidas são transitórias e se pausar o seu processo, não sabendo se o seu concorrente fará o mesmo ou não, quando o governo abrir novamente as fronteiras e voltar a normalidade o grande perdedor será aquele que pausou ou desistiu, pois não estará apto(a) para receber o convite governamental ...

DINO
https://www.mquality.com.br/visto/
M.Quality, especializada em imigração e negócios p/ Austrália.


É um fato que a crise que o Coronavírus(Covid-19) está ocasionando no globo inteiro tem provocado em inúmeros países medidas drásticas principalmente sobre isolamento, quarentena, restrição de locomoção por portos, aeroportos e rodovias, durante o período de pandemia deste novo vírus. Apesar das medidas serem de validade temporária, a Austrália no momento está com as suas fronteiras fechadas para todos sejam qual for a nacionalidade, com exceção aos residentes.

Isto “pegou” de surpresa muitos brasileiros com planos de proporcionar uma vida melhor aos seus próximos e que haviam iniciado o processo do programa de imigração para a Austrália. Como é do conhecimento geral da maioria, a Austrália possui um programa de imigração que atrai profissionais qualificados, empresários(pequenos, médios ou grandes), investidores, empreendedores (donos de startups) e interessados no intercâmbio profissional.

O programa de imigração para a Austrália tem sido um completo sucesso visto que atrai indivíduos de mais de 188 países do planeta. De acordo com o Departamento de Imigração da Austrália (DoHA/ Departament of Home Affairs) desde que se iniciou o ano fiscal australiano em 1 de julho de 2019 foram concedidos até o mês de fevereiro de 2020 mais de 5200 vistos permanentes e de 1300 vistos temporários de trabalho aos profissionais qualificados para as mais diversas áreas regionais.

Quando recentemente a Austrália fechou as fronteiras, o pânico que se tem visto acontecer nos supermercados começou a repetir-se similarmente também com aqueles que estavam realizando o seu sonho de imigração para a Austrália. Ou seja, muitos estão suspendendo os seus planos de imigração para a Austrália e alguns até mesmo desistiram por completo. É sabido que pânico invariavelmente tem origem na ignorância dos fatos, pois o DoHA tem assegurado que o programa de imigração para a Austrália continua funcionando.

“Isto significa que está correto o raciocínio de que se o seu visto fosse concedido hoje você não poderia entrar na Austrália devido a proibição em vigor, mas a verdade é que a maioria dos solicitantes brasileiros que temos conhecimento está ainda nas suas primeiras fases dos processos por uma das várias categorias de vistos para imigração a Austrália. No entanto tais processos normalmente não são finalizados em menos de 18 meses e possuem múltiplas fases”, opina o agente de imigração MaCson Queiroz JP. Ele é fundador e diretor da M.Quality, única agência brasileira de imigração e negócios com mais de 18 anos de atuação na Austrália.

“O governo já deixou claro que estas medidas são transitórias e se pausar o seu processo, não sabendo se o seu concorrente fará o mesmo ou não, quando o governo abrir novamente as fronteiras e voltar à normalidade o grande perdedor será aquele que pausou ou desistiu, pois não estará apto(a) para receber o convite governamental e as vagas do programa de imigração para a Austrália acumuladas durante o período pausado serão para estes do primeiro grupo” , avalia Queiroz JP.

O Departamento de Imigração da Austrália confirmou que as vagas para o programa de imigração para a Austrália são realmente limitadas e determinadas no começo de cada ano fiscal australiano. Para o atual ano fiscal que terminará no próximo 30 de junho o número limite de vagas, como exemplos, que foram estabelecidas foram estes: 1784 para fisioterapeutas, 16355 para engenheiros, 2171 para arquitetos, 70000 para técnicos em diversas especialidades, 17775 para profissionais de computação, 2746 para contadores, 1000 para economistas, 2738 para cozinheiros, 14864 para professores, 33812 para os profissionais de saúde, 5650 para advogados e muitas outras.

“Um dos seis estados mais flexíveis para conseguir uma aprovação para a imigração regional alcançou neste mês de março o seu respectivo limite no número de vagas de empresários e empreendedores neste ano fiscal sob programa de imigração regional para a Austrália. Isto resulta que este estado irá reabrir somente em julho de 2020. A pergunta que fica é esta: até lá você estará apto(a) para ser convidado? Pois até mesmo curso online de inglês preparatório ao exame do International English Language Testing System (IELTS) estamos ofertando gratuitamente aos nossos clientes para que fiquem em casa e assim continuando com o processo de imigração para a Austrália. Então se realmente procura colocar a sua família em um país sério onde a saúde de seu povo é tratada com respeito e dignidade, não pause ou desista do seu processo de imigração para a Austrália” , completa MaCson.

De acordo com o DoHA, foi suspensa a obrigatoriedade das entrevistas imigratórias pessoais na Austrália em mais de uma dezena de profissões  aos candidatos no processo de imigração para a Austrália. Estas entrevistas imigratórias continuam obrigatórias, mas estão sendo realizadas via Skype enquanto durar o período de pandemia provocado pelo Covid-19. “A economia que pode ser feita somente neste particular supera A$8 mil dólares(R$23.643,00) por profissional, pois para realizar esta entrevista pessoal na Austrália terá primeiro que pedir uma licença do serviço por um período mínimo de 5 dias, pagar a taxa do visto australiano apropriado a este propósito, comprar as passagens aéreas , fazer a reserva do hotel, custos de alimentação e se tiver um cônjuge convence-lo que terá que ir sozinho para os custos não dobrarem de valor. Mas atente que esta economia só conseguira enquanto durar o período de pandemia. Pausar o processo pode resultar em perdas financeiras imediatas”, enfatiza o especialista em imigração para a Austrália.

O recomendável é que os interessados em iniciar ou continuar no programa de imigração para a Austrália sempre se assegurem dos seus direitos ao certificarem a informação que necessitam está correta, conversando antes com quem possa dar-lhe um seguro e garantia de tudo o que diz ser real e verdadeiro e em escrito para evitar perdas financeiras e frustrações. “Nós não fazemos propaganda enganosa, pois adquirindo conosco até mesmo um simples intercâmbio profissional de estudos com apenas 3 meses para a Austrália, vem obrigatoriamente com um seguro contra fraudes legalmente garantido pelas autoridades. Este seguro é totalmente legislado pelo OMARA (“Office of the Migration Agents Registration Authority” – uma espécie de secretaria de defesa e proteção aos direitos do consumidor internacional criado e gerido pelo governo australiano)”, explica o diretor da M.Quality.

O processo de imigração para a Austrália com propósito de obter uma residência permanente na sua conclusão exige hoje devido as medidas de combate ao coronavírus, uma consultoria imigratória planejada meticulosamente. Uma consultoria imigratória oficial passa inicialmente por entrevistas que avaliam o perfil imigratório do interessado para ser indicado a modalidade de visto mais adequada a cada solicitante. Informações completas acerca do contexto australiano e das oportunidades ofertadas pelo DoHA (responsável pela política de migração) podem ser encontradas no portal da M.Quality (http://www.mquality.com.br/ ).

Sobre a M.Quality - A M.Quality é uma empresa de assessoria em imigração, negócios e intercâmbio especializada em processos de visto para a Austrália. Fundada em 2001, é a única agência brasileira do setor que possui licença validada pelo governo australiano há mais de 18 anos. A M.Quality foi criada na Austrália e no Brasil por meio do empreendedorismo de MaCson Queiroz JP, engenheiro eletrônico pela Escola de Engenharia Mauá (SP), ex-instrutor do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI/SP) e reconhecido consultor imigratório no país. Com sede em Sydney, a empresa possui também escritório em São Paulo. Seu portal tornou-se uma das mais procuradas fontes seguras de informação sobre imigração e empreendedorismo para a Austrália entre brasileiros e latinos.



Website: https://www.mquality.com.br/visto/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

47.2%
26.8%
16.3%
8.9%
0.8%