06/04/2020 às 09h30min - Atualizada em 06/04/2020 às 09h42min

Faculdade de medicina adota plano de contingência e disponibiliza aulas em salas virtuais e home office

Normas foram estabelecidas em consonância à campanha “Fica em Casa”

DINO
https://faceres.com.br


A campanha “Fica em Casa”, realizada mundialmente em tempos de propagação da COVID-19, pede a conscientização para que a população evite contato social e, consequentemente, o aumento de pessoas contaminadas com o vírus.

 

Os hábitos tiveram mudanças radicais. Os estudantes da faculdade de medicina FACERES estão tendo aulas via EAD, por meio de salas virtuais e os trabalhos são feitos via home office, onde o colaborador executa suas atividades sem sair de casa.

 

A faculdade, localizada em São José do Rio Preto, no interior do estado de São Paulo, fez adaptação em toda sua estrutura de ensino e expediente de seus funcionários. O diretor da instituição, Dr. Toufic Anbar Neto, explica que um comitê de gestão da crise foi criado na semana retrasada. “Sabíamos que a suspensão das aulas viria a qualquer momento. Começamos a nos preparar tanto com a parte acadêmica quanto para o setor administrativo”. 

 

O comitê trabalhou incessantemente para que tudo fosse feito rapidamente. A ideia é além dos alunos não perderem o semestre, eles terem também atividades à distância que façam com eles preencham o tempo da melhor forma possível, sem perder a rotina.

 

A FACERES, contratou plataformas virtuais para oferecer aulas de EAD, em salas virtuais, para que seus alunos continuem o plano de estudo estabelecido para o primeiro semestre de 2020.

 

Os acadêmicos foram dispensados das atividades presenciais no último dia 17, e segundo a direção da faculdade terão as aulas teóricas normalmente, seguindo o cronograma do semestre. As atividades foram todas desenvolvidas em quatro dias, por um comitê formado pela coordenação, direção e pelos departamentos de pesquisa e tecnologia.

 

Alunos e professores receberam treinamento antes do início das aulas. Os coordenadores e os professores começaram a adaptar os planos de aula para a plataforma virtual, utilizando as mais de 1.300 videoaulas contratadas como ferramenta para abranger o máximo de conteúdos teóricos do curso durante esse período, seguindo o previsto pelas autoridades competentes.

 

O Ministério da Educação publicou a portaria nº 345, no dia 19 de março de 2020 autorizando, em caráter excepcional, a substituição das disciplinas presenciais em andamento, por aulas que utilizem meios e tecnologias de informação e comunicação, por instituição de educação superior integrante do sistema federal de ensino, do primeiro ao quarto ano do curso de medicina.

 

A portaria cita também que o EAD não substitui as aulas práticas em laboratórios, atividades práticas de ensino e estágios.

 

“As aulas virtuais não substituem aulas práticas laboratoriais e assistenciais. O que estamos fazendo é, na medida do possível concentrar a teoria neste semestre e realocar as práticas para o próximo”, afirma o diretor da faculdade Dr. Toufic Anbar Neto.



Website: https://faceres.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

46.0%
26.2%
17.5%
9.5%
0.8%