25/05/2020 às 12h08min - Atualizada em 25/05/2020 às 12h12min

Crescimento das vendas pela internet exige mudanças nas estratégias das empresas

Especialista em negócios digitais cria programa de ajuda voltado a empreendedores e profissionais liberais colocarem seus negócios na internet

DINO
https://desafio.thiagomenegao.com.br


A pandemia da Covid-19 e o isolamento social estão acelerando a transformação da economia mundial e os negócios das empresas e profissionais liberais. Com as portas fechadas, as vendas físicas sofreram drásticas quedas. Por outro lado, o comércio pela internet se consolidou como uma importante ferramenta de negócios e vai ser ampliada após o fim da Quarentena.

E os números comprovam o crescimento deste nicho de negócios: estudo feito pela Kantar mostra a entrada de 1,2 milhões de novos lares no comércio pela internet entre os meses de janeiro e março. Outro dado é que as vendas por este canal explodiram com as pessoas em casa, com crescimento de 48,3%. Ao mesmo tempo em que as vendas aumentam, o Brasil ainda tem um número pequeno, menos de 20%, de empresas e profissionais liberais com atividades digitais.

Para ajudar profissionais liberais e pequenos empresários a estruturarem seus negócios on-line neste novo momento da economia, que exige rapidez e eficiência, o especialista em negócios digitais Thiago Menegão, da Menegão Inteligência em Negócios Digitais, criou o projeto "Desafio 30 dias".

Implantar um negócio digital é o primeiro passo antes de se pensar em investimentos pesados para o início de um e-commerce. Com experiência em implantação de projetos em pequenas e médias empresas e multinacionais, Menegão se propõe a orientar empresários neste processo, que começa com o site próprio.

"Ao longo de 30 dias, as pessoas aprenderão, de forma fácil e prática, noções básicas sobre a importância do mercado digital para a sobrevivência dos negócios, processo para atração de novos clientes e conversão em vendas e, principalmente, como montar, colocar no ar e gerenciar o próprio site", explica.

Diariamente, a pessoa receberá uma instrução, um vídeo e uma tarefa simples como, por exemplo, cadastrar uma conta em um serviço na web, fazer uma pesquisa estratégica no Google, colocar seu negócio na internet, começar a divulgar e vender produtos e serviços. "O usuário poderá ver e rever o vídeo com um passo a passo, quantas vezes desejar."

Além das tarefas diárias, será oferecida orientação para que o empresário ou profissional liberal entre na rede com bom posicionamento de mercado, saiba analisar demanda (com base nas buscas no Google) e volume de buscas e pesquisa

Menegão conta que poucas empresas e profissionais liberais no Brasil estão prontos para conquistar mercado digital e realizar vendas com esta nova realidade. "O isolamento social imposto pela Covid-19 só acelerou este processo que era inevitável", afirma.

O alerta do especialista tem como base em dados recentes. A 41ª edição do Webshoppers, relatório sobre as vendas online do País elaborado semestralmente pela EbitNielsen - em parceria com a Elo, revela o impacto da quarentena nos negócios: da segunda quinzena de março até o fim de abril, houve crescimento de 48,3% nas vendas pela internet no Brasil. No consolidado de 2019, o comércio eletrônico ultrapassou a marca de R$ 60 bilhões em faturamento e atingiu 148 milhões de pedidos.

Menegão explica que a sobrevivência das empresas, independentemente de seu porte, está diretamente ligada ao mundo digital. "Os números mais recentes comprovam isso. É hora de as empresas e empreendedores olharem seus negócios no mundo digital de forma estratégica e até como fator de sobrevivência", ressalta. "As vendas físicas vão continuar existindo, mas com tamanho reduzido a partir de agora".



Website: https://desafio.thiagomenegao.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

47.2%
26.8%
16.3%
8.9%
0.8%