05/06/2020 às 13h18min - Atualizada em 05/06/2020 às 13h21min

Giuliana Flores explica sobre a Camélia, bela e simétrica

Suas flores são formadas por muitas pétalas vistosas e se apresentam na cores branca, vermelha, rosada, matizadas ou raramente amarelas

DINO

Muito utilizada em decorações de festas de casamentos e de batizados, a camélia atrai por beleza, simetria e exotismo. O gênero Camellia inclui muitas espécies ornamentais e a planta do chá. Possui aproximadamente 80 espécies originárias do Sudeste Asiático. Na China, por exemplo, todas são conhecidas pela palavra "chá" acrescida de um termo relativo a sua morfologia ou característica.

Suas flores são formadas por muitas pétalas vistosas e se apresentam na cores branca, vermelha, rosada, matizadas ou raramente amarelas. Curiosamente, algumas flores podem atingir o tamanho da palma da mão de um adulto, já outras não ultrapassam o de uma moeda! Espécies como japonica, sasanqua e chysantha são muito populares e possuem um aroma agradável e suave.

A camélia é uma flor de fácil cultivo, porém, é frágil em relação a temperaturas extremas - altas ou baixas. Por isso, se dá bem em locais frescos, podendo ser cultivada à meia-sombra, desde que receba luz solar direta em alguns momentos do dia. Nos primeiros meses, as regas devem ser frequentes, depois podem ser espaçadas para evitar que o solo encharque. Para estimular a floração, acrescente adubos orgânicos encontrados em lojas de jardinagem.

A floração se dá entre o outono e o inverno. Recomenda-se que a poda seja feita após o término dessa fase. Aproveite também para fazer a "limpeza" da planta, pois ela costuma ficar coberta de flores mortas. Retire todos os resíduos.

Na decoração, as camélias se transformam em enfeites de mesa, arranjos ou buquês. É realmente uma bela flor e vale a pena ter dentro ou fora de casa.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

52.3%
29.0%
15.9%
2.8%
0%