25/06/2020 às 15h46min - Atualizada em 25/06/2020 às 21h32min

Varejistas se organizam para aceitar pagamentos com o auxílio emergencial e beneficiar consumidores

Tecnologias como a da Linx Pay habilitam lojistas para o recebimento de transações feitas com o cartão de débito virtual CAIXA Elo

DINO
http://www.linx.com.br

O cenário desafiador causado pela pandemia de Covid-19 trouxe mudanças nos hábitos de consumo, principalmente no ambiente online. De olho neste movimento, varejistas se organizaram para aceitar pagamentos a partir do auxílio emergencial, fornecido aos brasileiros que tiveram sua renda impactada pelas medidas de isolamento social.

De acordo com um estudo realizado pela Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado, até 80 milhões de pessoas poderão ter acesso ao benefício. Por isso, lojistas se adaptaram para garantir que os consumidores possam utilizar esse montante para fazer suas compras. Pensando nisso, a Linx, líder e especialista em tecnologia para o varejo, disponibilizou uma integração capaz de ajudar os comerciantes nesse movimento. A solução atende ao varejo físico e online e está presente em diversas lojas.

O objetivo da tecnologia é integrar o varejista a essa modalidade e habilitá-lo a receber com o cartão de débito virtual CAIXA Elo. Para auxiliar a movimentação dos valores e garantir a segurança da operação, o cartão possui um código de segurança dinâmico que muda a cada transação de pagamento, tal como um token, permitindo que a operação seja realizada de forma segura para o comprador e o lojista.

O meio de pagamento já está disponível para os lojistas que utilizam a adquirência física e online da Linx Pay, conectados por meio do TEF e POS Linx Pay (meios físicos de venda) e do gateway (meio online de transações) ou ainda somente o TEF ou o gateway diretamente através de Linx Pay. Tecnologias como link de pagamento, checkout transparente e APIs de integração também serão exploradas. Com isso, a empresa espera ajudar tanto seus clientes quanto os beneficiários do auxílio emergencial.

“Este meio de pagamento é bastante benéfico para a população e para a capilaridade do varejo, em meio ao período de crise enfrentado. No setor farmacêutico, que possui grande relevância para a compra de itens de necessidades básicas, por exemplo, a Linx está presente em diversos estabelecimentos. É uma forma de impulsionar e ajudar inúmeros beneficiários do auxílio emergencial, a efetuarem suas compras em um maior número de lojas que também poderão aumentar seu alcance e vendas”, afirma Denis Piovezan, VP da Linx Pay Hub.

Oferta e demanda

De acordo com a Caixa Econômica Federal, as compras por meio do cartão de débito virtual totalizaram R$ 2,3 bilhões desde a disponibilização do produto. O governo federal ainda estuda liberar mais duas parcelas do auxílio, contabilizando quatro e cinco no total. O valor ainda não foi definido, mas segundo a presidência da República, deve ficar abaixo dos R$ 600 iniciais.

“Varejistas de diversos segmentos já estão se movimentando para se adequarem ao novo cenário, com o objetivo de atender aos consumidores da forma mais conveniente para eles”, adiciona Piovezan. Entre os lojistas que já anunciaram uma adaptação para essa modalidade estão nomes de peso, como Magalu, Casas Bahia e Extra.



Website: http://www.linx.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

52.3%
29.0%
15.9%
2.8%
0%