02/07/2020 às 16h14min - Atualizada em 03/07/2020 às 00h21min

E-commerce tem seu melhor trimestre desde 2003, consumidores buscam em Cupons de Desconto uma alternativa para economizar ainda mais

A pandemia alterou os hábitos de consumo de milhões de pessoas ao redor do mundo. Com o aumento das compras através do e-commerce, os consumidores buscam alternativa em cupons de desconto como forma de economizar ainda mais ao realizarem compras online.

DINO
https://cupoom.com.br
Marketplace online


Desde o início da prática de distanciamento social, com a pandemia do Covid-19, o mercado online tem crescido para suprir a demanda em alta. Assim, a bolsa de valores de São Paulo (IBOVESPA) registrou o melhor trimestre em dezesseis anos e meio, em uma forte recuperação após o tombo nos primeiros meses do ano, quando prevaleceu a aversão a risco por causa da pandemia do novo coronavírus. Em decorrência da procura, os preços do e-commerce tem se elevado cada dia mais, por sua vez, os consumidores procuram por alternativas em cupons de desconto para conseguir maior economia.

Assim, a Via Varejo, empresa brasileira de comércio varejista, responsável pela bandeira da Casas Bahia e Pontofrio teve o melhor desempenho do IBOVESPA no trimestre, de 189,96%, com o setor de comércio eletrônico respondendo por três das cinco maiores altas do índice no período de abril a junho.

"O mês de maio mostrou de forma mais acentuada os impactos do Covid-19 no varejo brasileiro. Os números comprovam que tivemos uma grande mudança no comportamento dos consumidores, com migração de compras para o comércio eletrônico. Algumas das tendências que aconteceriam em apenas alguns anos foram antecipadas para o momento presente como, por exemplo, o forte crescimento das vendas de categorias de bens não-duráveis, saúde e até mesmo produtos perecíveis.", afirma André Dias, coordenador do Comitê de Métricas da camara-e.net e diretor executivo do Compre & Confie.

Medidas de restrição para frear a disseminação da Covid-19 colocaram as pessoas em casa e estimularam o comércio online como nunca. Por sua vez, a B2W contabilizou valorização de 123,02% e o Magazine Luiza somou elevação de 83,77%. Em Nova York, o Mercado Livre apurou um salto de 101,76%.

A Hering registrou perda de 3,76%, com a perspectiva desafiadora para 2020, em meio ao fechamento de lojas, menor confiança do consumidor e maior desemprego, minando perspectivas de uma recuperação da varejista de vestuário. Semelhantemente, no setor, a Renner conseguiu reagir e deve fechar o trimestre com performance positiva.

Dessa forma, agora mais do que nunca, o consumidor precisa estar em dia com os melhores preços da internet. Para isso, sites agregadores de cupom de desconto como o Cupoom são essenciais na hora de finalizar qualquer compra online!



Website: https://cupoom.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

47.2%
26.8%
16.3%
8.9%
0.8%