20/05/2021 às 15h56min - Atualizada em 20/05/2021 às 16h05min

e-Core investe para atender as demandas das organizações por agilidade na gestão estratégica

Após rigoroso processo, empresa se torna autoridade na plataforma Jira Align, sendo reconhecida pela Atlassian com o Selo Agile at Scale Specialization e realizado projetos em duas grandes companhias

SALA DA NOTÍCIA Melissa Castro
www.ecore.com.br
Distribuição
A e-Core, empresa especializada em consultoria e soluções para Agilidade em Escala, gestão de serviços (ESM e ITSM), DevSecOps e desenvolvimento de softwares customizados, anuncia a conquista do selo Agile at Scale Specialization, estando entre o seleto grupo de parceiros Atlassian a receber o reconhecimento ao redor do mundo. O Selo Agile at Scale Specialization marca o novo programa de especialização da Atlassian para a escala do ágil e gestão executiva.
 
“Para participarmos desse programa, foi necessário cumprir uma série de requisitos rigorosos e, durante esse período, trabalhamos em colaboração com a Atlassian e um grupo seleto de parceiros ao redor do mundo para apoiar na evolução da plataforma, que foi nomeada líder no Quadrante Mágico do Gartner de ferramentas de planejamento ágil empresarial em 2020”, diz Marcelo Lino, Diretor de Vendas e Marketing LATAM da e-Core.
 
O ingresso ao programa da fabricante  faz parte do plano de crescimento da e-Core no mercado para suprir a demanda das organizações por agilidade na gestão estratégica. “Fortalecemos nossa equipe, que conta com consultores experientes e certificados em LPM (Lean Portfolio Management), SA (Safe Agilist), SPC (SAFe Program Consultant), OKRs, entre outros, e também criamos nossa própria solução de agilidade em escala, que combina a nossa expertise em práticas e metodologias ágeis com a melhor plataforma do mercado”, explica Camila Marques, Enterprise Agility Advisor & Offer Leader na e-Core.
 
Os esforços da e-Core já foram comprovados em projetos de implementação do Jira Align em duas grandes organizações: de Finanças e de Mídia. A consultoria já conta com 14 especialistas com experiência na implementação, entre os quais cinco com certificação SPC (SAFe Program Consultant). “O Jira Align conecta o trabalho dos times à gestão executiva. Enquanto os times trabalham de forma autônoma, o executivo enxerga o progresso consolidado das entregas, as interdependências e o impacto nos indicadores de negócio”, explica Camila Marques. “A gestão é feita com a estratégia em movimento. Não adianta mais esperar passar o período dos projetos tradicionais – com escopo, prazos e orçamentos rígidos – e mostrar um PPT na reunião para ver o que, e por quê, deu ou não o resultado planejado”, acrescenta.
 
Cada vez mais empresas substituem o modelo de planejamento financeiro anual por um ciclo menor de avaliação de oportunidades e iniciativas. O conceito de projeto é substituído por entregas contínuas de valor e investimentos baseados em testes de hipóteses. Assim, em vez da dicotomia entre ‘sucesso’ e ‘fracasso’, cada resultado obtido é uma oportunidade de aprendizagem. “Isso já é uma realidade e é possível para qualquer empresa de qualquer tamanho. A capacidade de responder às mudanças é uma vantagem competitiva que será o grande divisor entre as empresas que prosperam e as que desaparecem.”, complementa Camila.
 
As duas grandes implementações do Jira Align no Brasil encontraram condições e desafios bem diferentes. Em ambos os casos, são corporações nacionais líderes em seus segmentos e sujeitas a fortes pressões, tanto competitivas quanto de governança. Mas as organizações estão em estágios diferentes. “É sempre um trabalho de ‘de: para:’. Em um caso encontramos as estruturas muito bem definidas e colocamos tudo online na ferramenta. Outras vezes temos que ajudar mais na assimilação dos conceitos de agilidade no contexto da companhia”, compara Camila Marques.
 
A organização de Finanças cumpre uma função de segurança sistêmica do mercado financeiro no Brasil, um dos mais inovadores do mundo e ao mesmo tempo com forte regulação. A organização segue à risca o modelo SAFe, o que, evidentemente, facilita muito a implementação. Contudo, ocorreram “surpresas” que desafiaram a consultoria. Neste caso, era um conflito banal entre os filtros de segurança e as interfaces de atualização. “Foi um problema técnico que poderia ter alto impacto no negócio. Por isso, o time de consultoria tem que investir em especialistas em todas as camadas, pois nunca se sabe de onde vai vir alguma complexidade”, reconhece a especialista em Enterprise Agility da e-Core.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

46.7%
27.5%
16.7%
8.3%
0.8%