08/06/2021 às 16h19min - Atualizada em 09/06/2021 às 00h00min

Seminário que traz a arte e a dança como instrumento  social e de conhecimento, ocorreu no ES através da Lei ALDIR Blanc 

Seminário Corpo e Conhecimento

SALA DA NOTÍCIA Cezar Tadeu Almeida Gomes
Divulgação: Komunic
Seminário que traz a arte e a dança como instrumento  social e de conhecimento, ocorreu no ES através da Lei ALDIR Blanc 

No mês de maio foi realizado em três cidades do estado do ES, Guarapari, Anchieta e Alfredo Chaves em parceria com as respectivas prefeituras através das secretarias de educação, o Seminário Corpo e Conhecimento, que  abordou os valores da arte, em especial, da dança, para  o aprendizado nas redes públicas de ensino ampliando o seu valor social. Ao todo foram realizados três encontros através da plataforma Zoom, de forma gratuita, durante todo o mês dirigido especialmente a rede municipal de ensino.

No dia 18/5, foi o dia do Encontro Corpo-Espaço, com objetivo de através de práticas/jogos corporais compreender o imaginário coletivo para reflexões sobre o espaço do corpo na aprendizagem no ambiente escolar.

Já no dia 20/5, foi realizado o Encontro Corpo-Aprendizagem, que tinha como objetivo desenvolver noções/conhecimentos a partir de jogos/práticas corporais para a efetivação de reflexões sobre a relação do potencial do corpo/movimento com o ensino de diversas disciplinas, como por exemplo a matemática. Esta experiência afetará a interação dos alunos e professores e ainda, os usos e funções dos conteúdos em outras dimensões.

Por fim, no dia 24/5, foi a vez do Encontro Corpo-Criatividade onde aconteceu o encerramento do seminário, dando a oportunidade da apresentação e aplicação de propostas de jogos corporais e dança pelos participantes, promovendo a troca de experiências, ampliando o repertório de possibilidades de usos do corpo e da dança nas escolas e no desenvolvimentos da criatividade e inteligência.

Para os encontros foram disponibilizadas 900 vagas entre professores, diretores, supervisores e  alunos de escolas públicas do estado.

A dança sempre foi considerada uma das manifestações históricas e culturais mais antigas e importantes da nossa história, sendo herdada de diversos povos. Mesmo com a regulamentação da obrigatoriedade da disciplina de artes nas escolas, esta nunca esteve muito presente, com algumas atividades ligadas somente  às aulas de Educação Física.

Este projeto, que visa reverter esta situação, é realizado pelo Núcleo de Arte e Dança dirigido por Patrícia Lima e o Núcleo de Estudos e Práticas Artístico Corporais, o Neparc, ligado ao curso de Dança da Universidade Federal de Viçosa (UFV) e dirigido pela Professora Andrea Bergallo, que possuem grande experiência nestas questões, e que atuam a longo tempo na cidade de Viçosa e no estado de MG.

O Seminário foi uma realização da Diretora do Studium de Danças Korpus, Viviane Lima, em parceria com o Núcleo Arte & Dança, Neparc, e apoio cultural da empresa Pomar Cultural, sendo apresentado pela Secretaria Estadual de Cultura do Espírito Santo (Secult) por meio  do Fundo Estadual de Cultura, com recursos da Lei Federal N°14.017/2020.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

46.0%
26.2%
17.5%
9.5%
0.8%