16/06/2021 às 16h59min - Atualizada em 17/06/2021 às 00h00min

Diálogo entre a Ciência e sociedade é um desafio global

Debate indicou a necessidade de construir pontes entre a complexidade e a realidade vivenciada pelas pessoas

SALA DA NOTÍCIA Vervi Assessoria

 

Os fatos recentes demonstram que o protagonismo da visão científica no processo decisório das sociedades está sendo comprometido. A reflexão foi tema central do segundo painel do “Seminário Internacional Os Desafios da Ciência em Novo Pacto Global do Alimento”, no âmbito do projeto Biomas Tropicais, promovido pelo Instituto Fórum do Futuro, na manhã de quarta-feira, 16 de junho.

 

Em formato de debate, o painel trouxe à tona a importância da qualidade do Diálogo entre a Ciência e a Sociedade. “Com a Covid-19, por exemplo, tivemos um acréscimo de entendimento na nossa sociedade da importância da Ciência. A vacina vem da Ciência. Neste sentido, essa discussão é essencial e nós temos caminhado para ampliar este debate com todos os agentes da sociedade”, opinou o Presidente do CNPq e Coordenador Científico do Fórum do Futuro, Evaldo Vilela, na abertura do painel.

 

Para o Professor do Instituto de Economia da Universidade de Campinas (Unicamp), Antonio Buainain, entre os principais desafios para ampliar este diálogo está a melhoria da educação dos brasileiros – desde o ensino fundamental até à universidade e o aperfeiçoamento no sistema de comunicação das informações que atingem as pessoas, especialmente os leigos.

 

“Os desafios são monstruosos, mas precisamos vencer essas barreiras para que a gente consiga sobreviver como civilização, porque não resta dúvida de que o nosso futuro depende do avanço e da aplicação da Ciência”, afirmou Buainain.

 

Para acrescentar uma visão europeia sobre a construção deste diálogo, a Pesquisadora da Universidade de Edimburgo, Eugenia Rodrigues, trouxe sua experiência à discussão.  “Em nível institucional há mecanismos regulatórios de funcionamento das instituições mais solidificadas. O Parlamento, por exemplo, responde perante ao seu eleitor, assim como os cientistas também respondem ao público, porque dinheiro de pesquisa é público e, portanto, a Ciência tem que responder a isso em termos de resultados. E, desta forma, existem uma série de mecanismos que funcionam de forma integrada para criar um sistema que responde, de certa maneira, às necessidades da sociedade em geral”, avaliou.

 

Para fechar os debates, o Presidente do Instituto Fórum do Futuro e ex-ministro da Agricultura, Alysson Paolinelli, acredita na necessidade de um esforço, no sistema de comunicação, para que a sociedade seja sempre abastecida com informações corretas. “O ponto que chamo a atenção é que não podemos ficar à mercê das crises para se investir em Ciência, especialmente no campo de produção de alimentos, que é uma das bases da vida. A água, o solo, o alimento, a natureza precisam ter os investimentos para que elas persistam e tenham sustentabilidade completa”.  


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

46.0%
26.2%
17.5%
9.5%
0.8%