22/06/2021 às 11h49min - Atualizada em 22/06/2021 às 13h55min

Aplicativos de vendas crescem em meio a pandemia

Brasileiros usam a tecnologia como renda extra

SALA DA NOTÍCIA Kroton
https://www.kroton.com.br/
Imagem de Jan Vašek por Pixabay
Desde o início da pandemia mais de 11,4 milhões de brasileiros passaram a fazer uso de aplicativos para obter ou aumentar a renda, segundo pesquisa divulgada recentemente pelo Instituto Locomotiva.

Isso se soma ao fato de a taxa média de desemprego no Brasil ter ficado em 14,4% no trimestre móvel de dezembro a fevereiro. O percentual significa que 14,4 milhões de pessoas estão na fila por um trabalho no país, o maior contingente desde 2012, quando começou a série histórica, segundo dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Entre as ferramentas mais utilizadas para quem lança mão da tecnologia para encontrar uma atividade, 34% dos entrevistados pelo Instituto Locomotiva citaram os apps de redes sociais e 33%, os de mensagens. Já 14% desse contingente recorreram a tecnologias de entregas e 26% às de vendas online.

Estão nesse último grupo mais de 40 mil inscritos no app Consultoria Educação, plataforma de vendas online de cursos de graduação. Os consultores educacionais indicam cursos das instituições de ensino Anhanguera, Fama, Pitágoras, Unic, Uniderp, Unime e Unopar. Eles atuam integralmente online, dispensando a necessidade de contato presencial e a cada aluno matriculado recebem o valor de uma mensalidade do curso escolhido.

Para se tornar um consultor educacional, é preciso ter mais de 18 anos, fazer o download do aplicativo Consultoria Educação. A plataforma de vendas de cursos de graduação está disponível gratuitamente em todo Brasil. Os consultores educacionais têm acesso a Academia Consultoria Educação com cursos certificados disponíveis em uma plataforma de educação online para conheçam os produtos que estão vendendo e tenham mais argumentos de venda.

"O telefone celular está presente em cerca de 92% dos lares brasileiros e isso cria um grande contingente de pessoas que podem se utilizar desse meio para gerar renda extra, uma vez que não é necessário fazer um investimento adicional", disse o head do Consultoria Educação, Fabio Fernandes.

Ainda de acordo com o Instituto Locomotiva, a relevância dos aplicativos no total da renda de milhares de pessoas tem sido cada vez maior. Dos 32,4 milhões de brasileiros que têm renda via aplicativos, 16% deles afirmaram que essa tem sido a única fonte de renda e outros 15% disseram que os aplicativos respondem por metade dos ganhos.

Nessa tendência, o aplicativo Consultoria Educação é o principal provento de Pedro Simplício, 24 anos, estudante de Logística, na Faculdade Anhanguera, e de Engenharia Mecânica, no Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet/RJ).

O morador de Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, recebeu recentemente mais de R$ 6.000 por sua atuação nos últimos dois meses. Para o jovem, é também uma oportunidade para empreender e realizar sua meta de fazer pós-graduação de Relações Internacionais, no Canadá. "Eu e minha esposa queremos fazer um intercâmbio no exterior, então essa foi a maneira que encontramos para chegar mais perto desse objetivo", conta Pedro Simplício, que planeja ter recursos suficientes para fazer o intercâmbio internacional daqui um ano.

Para mais informações sobre o Consultoria Educação, uma iniciativa da Kroton, acesse: www.consultoriaeducacao.com.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

46.0%
26.2%
17.5%
9.5%
0.8%