22/06/2021 às 09h38min - Atualizada em 22/06/2021 às 14h00min

Como utilizar o SEO de maneira correta?

SALA DA NOTÍCIA LUCAS WIDMAR PELISARI
 

Você tem dúvidas sobre como utilizar o SEO de maneira correta? Seja aplicando por conta própria, ou procurando pela ajuda de uma agência web, é fundamental compreender como realmente utilizar as técnicas de otimização de sites. 

 

O Google está ficando mais inteligente e poderoso o tempo todo - não apenas na análise e compreensão das páginas da web, mas também na eficácia em manter as pessoas dentro de sua estrutura.

 

Por quê? Quanto melhor o Google responder a perguntas dentro das SERPs (listas de resultados das pesquisas feitas na Internet), ou direcionar os usuários para anúncios em vez de listagens orgânicas, mais dinheiro ele ganhará.

 

Infelizmente, isso torna as coisas muito mais difíceis para aqueles que confiam no tráfego de pesquisa orgânica do Google como uma solução.

 

Porém, abandonar o SEO não deve ser uma opção. Afinal de contas, muitas pessoas conferem os resultados das pesquisas orgânicas.

 

Portanto, o que você realmente precisa saber é como utilizar o SEO corretamente para que o seu site apareça em um bom posicionamento nos resultados de pesquisa. 

 

Neste post, detalhamos as melhores técnicas de SEO para ajudá-lo a reter e aumentar sua presença de pesquisa orgânica. Continue a leitura e confira! 

 

Dicas para usar o SEO

Sem mais delongas, aqui está uma lista com algumas dicas para você utilizar o SEO de maneira correta para melhorar o posicionamento do seu site nos resultados de pesquisa. 

 

1. Melhorar as tags de título

Olhe para suas páginas de categoria de nível mais alto. Às vezes, um pequeno ajuste de bom senso em uma tag de título pode fazer uma grande diferença.

 

Suas tags de título fazem sentido? Você pode torná-los mais específicos ou relevantes? Por exemplo, se você vende sapatos femininos, pode colocar a tag de "sapatos feminimos". 

2. Pesquisa de palavra-chave mestre

Os profissionais de marketing tendem a usar o jargão de seu setor e marca. Não presuma que você sabe o que os consumidores querem e como eles pesquisam - faça a pesquisa.

 

As melhores ferramentas de palavras-chave oferecem uma pontuação de demanda para cada tema. O Planejador de palavras-chave do Google (keyword planner) é uma ferramenta gratuita de pesquisa de palavras-chave, embora você precise de uma campanha ativa do Google Ads para acessar os dados mais úteis.

 

A maioria das outras ferramentas de palavras-chave quantitativas requer uma assinatura paga. Mas alguns ainda sugerem palavras-chave, gratuitamente, sem fornecer dados sobre popularidade.

 

3. Otimize seu site

Com suas palavras-chave definidas, a próxima etapa é implementar SEO na página, incluindo:

 
  • Atualizar o conteúdo das páginas para incluir as palavras-chave;
  • Criação de novas páginas (para palavras-chave não atribuídas) com texto, gráficos, áudio, vídeo, etc;
  • Lançamento de uma nova seção com palavras-chave, como um blog ou portal educacional.
 

Concentre-se na relevância dos elementos textuais de cada página - as tags de título, meta descrições, cabeçalhos, conteúdo do corpo - para os temas de palavras-chave que os pesquisadores usam.
 

4. Produza Conteúdo Regular

Crie conteúdo contínuo adaptado ao seu público. Você não precisa lançar uma nova postagem no blog ou outro conteúdo todos os dias. Isso não é realista para muitos sites.

 

Basta publicar conteúdo exclusivo pelo menos mensalmente, se não semanalmente. Consistência é a chave.

 

“Conteúdo” não precisa ser apenas texto. Use ilustrações, fotos de produtos, vídeos de instruções ou qualquer outro conteúdo que ajude os compradores. Agregar valor é vital. 

 

Se o conteúdo não atender a uma necessidade ou não envolver seus clientes e clientes potenciais, você desperdiçou seu tempo e o deles.

 

5. Aumente a velocidade do site

Uma década atrás, o Google percebeu que elementos de desempenho como a velocidade do site eram muito importantes para os usuários. 

 

Portanto, o adicionou como um fator de classificação - a velocidade do site agora pode melhorar ou piorar (caso a velocidade seja lenta) o desempenho do seu site nos resultados de pesquisa do Google.

 

Felizmente, o Google lançou uma série de ferramentas de SEO para ajudar a melhorar a velocidade do site, incluindo:

 
  • PageSpeed ​​Insights - para ajudar os desenvolvedores a melhorar o desempenho do site;
  • Projeto de Accelerated Mobile Pages - para aumentar a velocidade em sites para celular;
  • Test My Site - para ajudar a avaliar o quão responsivo (ou compatível com dispositivos móveis) um site é, que inclui a velocidade como parâmetro.
 

Conclusão

Como sabemos, o SEO está evoluindo rapidamente. Os proprietários de empresas e profissionais de marketing precisam se adaptar e rapidamente, mas ainda é possível dar ao seu site uma vantagem sobre a concorrência.

 

Dedique algum tempo aos fundamentos da criação e produção de conteúdo e fique por dentro das tendências técnicas, bem como do impacto de coisas como velocidade do site e uso de palavras-chave, por exemplo. 

 

Há muito a se considerar, mas lembre-se de que você não precisa se tornar o maior especialista em SEO do mundo da noite para o dia. Além disso, se preferir, também pode procurar pela ajuda de um especialista. 

 

Faça um esforço para compreender até mesmo os fundamentos de SEO e você verá uma grande diferença nas taxas de cliques, no engajamento e, é claro, nas classificações do seu site.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual sua Rede Social Favorita?

46.0%
26.2%
17.5%
9.5%
0.8%